2016
Caravelli, S. A passagem ao ato suicida e preâmbulos na inibição e impulsividade – paixão, neurose obsessiva, toxicomanias melancolizadas. Novas Edições Acadêmicas, 2016.

Pinheiro, T. Ferenczi. Rio de Janeiro: Casa do Psicólogo/Pearson, 2016.


2015
Câmara, L.; Herzog, R; Pacheco-Ferreira, F.; Verztman, J. O lugar da inibição na clínica contemporânea. In: Bastos, A. (org.). Interpretação e ato na experiência psicanalítica. Rio de Janeiro: Contra Capa, 2015.

Câmara, L.; Herzog, R. A dúvida na neurose obsessiva: leituras freudianas. Cadernos de Psicanálise (CPRJ), v. 37, p. 159-173, 2015.
Disponível online

Zorzanelli, R.; Verztman, J. S. Transtorno de ansiedade social na DSM V: o paradoxo da ansiedade sem sujeito. In: Zorzanelli, R.; Bezerra Jr, B.; Costa, J. F. (Org.). A criação de diagnósticos na psiquiatria contemporânea. Rio de janeiro: Garamond, 2015, p. 131-150.

Klein, T.; Herzog, R. O tempo sem tempo: sobre as agonias impensáveis e o contemporâneo. Cadernos de Psicanálise (SPCRJ), v. 31, p. 163-183, 2015.

Oliveira, L. R. G.; Guljor, A. P. F.; Verztman, J. S. Inclusão da diferença e reinternação psiquiátrica: estudo através do caso traçador. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental (Impresso), v. 18, p. 504-518, 2015.


2014
Herzog, R. & Pacheco-Ferreira, F. (orgs.). De Édipo a Narciso: a clínica e seus dispositivos. Rio de Janeiro: Companhia de Freud, 2014.

Câmara, L.; Herzog, R. Um e outro: Ferenczi e a epistemologia. Psicol. USP [online], vol. 25, n. 2, p. 126-133, 2014.
Disponível online

Verztman, J. S. Embaraço, humilhação e transparência psíquica: O tímido e sua dependência do olhar. Ágora (PPGTP/UFRJ), v. XVII, p. 127-140, 2014.

Klein, T.; Câmara, L.; Herzog, R. Olhar e ser olhado: da interpretação ao testemunho. Cadernos de Psicanálise (SPCRJ), v. 30, p. 137-155, p. 2014.
Disponível online

Saltrager, R.; Herzog, R.; Verztman, J. S.; Pinheiro, T. Transferência e sofrimentos narcísicos: o analista como catalizador de sentido. Cadernos de Psicanálise (CPRJ), n. 31, dez/2014.


2013
Verztman, J. S. Estudo Psicanalítico de Casos Clínicos Múltiplos. In: Ana Maria Nicolaci-da Costa, Daniela Romão Dias. (Org.). Qualidade faz diferença: métodos qualitativos para a pesquisa em psicologia e áreas afins. Rio de Janeiro: Loyola, 2013, p. 67-92.

Ferreira, F. P.; Mello, R.; Verztman, J. S. Algumas peculiaridades do manejo clínico no sofrimentos narcísicos. In: Figueiredo, LC; Savietto, BB; Souza, O. (Org.). Elasticidade e limite na clínica contemporânea. São paulo: Escuta, 2013, p. 239-257.

Ferreira, F. P.; Verztman, J. S.; Souza, O. A pulsão entre o intrapsíquico e o intersubjetivo. In: Ana Beatriz Freire; Gisele Falbo. (Org.). O Corpo e suas vicissitudes. Rio de Janeiro: Julio S, 2013, v. 1, p. 191-206.

Andrade, A. B.; Ferreira, F. P.; Verztman, J. S. Transparence psychique et traumatisme. Considérations à partir d’une recherche clinique. Recherches en Psychanalyse, v. 16, p. 213-221, 2013.

Toledo, A. B.; Herzog, R. Bater-se em si: a automutilação como resistência à indiferenciação. In: Freire, A. B. (org.). O corpo e suas vicissitudes. Ed. 7 Lettras.

Salztrager, R.; Herzog, R. A clivagem psíquica e o paralelismo discursivo na clínica psicanalítica. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, v. 16, n.4, p. 570-583, 2013.
Disponível online

Pacheco-Ferreira, F.; Mello, R.; Herzog, R. Insistências traumáticas e memória corporal: uma leitura ferencziana. Estudos da Lingua(gem): linguagem, psicanálise e memória. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) – Vitória da Conquista, vol. 11 n. 1 pp. 111-128, junho/2013.
Disponível online


2012
Herzog, R., Pacheco-Ferreira, F. A posição do analista frente aos sofrimentos narcísico-identitários. Cadernos de Psicanálise SPCRJ – Cadernos de Psicanálise/Sociedade de Psicanálise da Cidade do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro: A Sociedade, 2012 – v. 28, n. 31, p. 79-104.

Mello, R.; Herzog, R. Psiquismos clivados: vazio de sentido e insistência no existir. Cadernos de Psicanálise – Círculo Psicanalítico do Rio de Janeiro. Volume 34, n. 27, jul./dez. 2012, p. 65-81.
Disponível online

Montes, F. F. A psicanálise hoje: produção de novas subjetividades?. Cadernos de Psicanálise – Círculo Psicanalítico do Rio de Janeiro. Volume 37, p. 171-192, 2012.

Salztrager, R. Construção e história na clínica freudiana e na filosofia de Walter Benjamin. Clínica e Cultura, v. 1, p. 3-14, 2012.

Salztrager, R., Herzog, R. Os discursos não metaforizados: sobre a produção de enigmas na clínica psicanalítica. Revista Brasileira de Psicanálise (Impresso), v. 46, p. 101-111, 2012.

Salztrager, R., Laureano, P. S. Uma reflexão crítica sobre o problema da violência nas escolas. Adverbum (Campinas), v. 7, p. 50-59, 2012.

Verztman, J. A melancolia e o olhar: uma clínica contemplativa? In: Coelho Junior, N.; Salem, P. & Klautau, P. (orgs.). Dimensões da intersubjetividade (pp. 95-112). São Paulo: Escuta.

Verztman, J. et al (orgs.). Sofrimentos narcísicos. Rio de Janeiro: Companhia de Freud, 2012.
Abrir em PDF


2011
Andrade, A. B. T., Herzog, R. Os afetos do analista na obra freudiana. Psicologia Clínica (PUC-RJ Impresso), v. 23, p. 119-131, 2011.
Disponível online

Pinheiro, T., Viana, D. La pérdida de la certeza de sí mismo. In: Boschán, P. J. (org.). Sándor Ferenczi y el psicoanalisis del siglo XXI. 1 ed. Buenos Aires: Letra Viva, 2011, v. 1, p.373-381.

Pinheiro, T., Viana, D. Losing the certainty of Self. American Journal of Psychoanslysis, 2011, 71(352-360).
Disponível online (resumo)

Verztman, J. S. Freud e a vergonha. Cadernos de Psicanálise, v. 27, p. 73-99, 2011.

Verztman, J. S., Ferreira, F. P. Introyección y ternura: Ferenczi y las relaciones afectivas precoces. In: Boschán, P. J. (org.). Sándor Ferenczi y el psicoanalisis del siglo XXI. 1 ed. Buenos Aires: Letra Viva, 2011, v. 1, p. 449-456.

Verztman, J. S., Pinheiro, T., Herzog, R. Os psicanalistas podem desprezar inteiramente as categorias diagnósticas da psiquiatria? In: Birman, J.; Fortes, I.; Perelson, S. (Orgs.). Um novo lance de dados: psicanálise e medicina na contemporaneidade. 1 ed. Rio de janeiro: Cia de Freud, 2011, v. 1, p. 145-164.


2010
Farah, B. L. O mal-estar da dependência na cultura neoliberal globalizada. “On kindness, Adam Phillips e Barbara Taylor.” – Agora, 2010, vol XIII, no. 2.
Disponível online

Quintella, R. R., Pinheiro, T., Verztman, J. S. Distinção teórico-clínica entre luto, depressão e melancolia. Psicologia Clínica (PUC-RJ. Impresso), v. 22.2, p. 147-168, 2010.
Disponível online

Verztman, J. S. Fobia social. In: Dortier, J-F. (Org.). Dicionário de ciências sociais. 1 ed. São Paulo: Martins Fontes, 2010, v. 1, p. 220-221.


2009
Pacheco-Ferreira, F.; Souza, O. Um legado de Sensibilidade. São Paulo. Revista Mente e Cérebro. Coleção Memória da Psicanálise: Sandor Ferenczi, 2009, pp. 80-91. ISSN 9788579020

Mello, R. M., Herzog, R. Trauma, clivagem e anestesia: uma perspectiva ferencziana. Arquivos Brasileiros de Psicologia, v. 61, n. 3, p. 68-74, 2009.
Disponível online

Verztman, J. S., Herzog, R., Pinheiro, T. Vergonha, Culpa, depressão contemporânea e perdão. Trivium: Estudos Interdisciplinares CIÊNCIA, TECNOLOGIA E RELIGIÃO, v. 1, p. 1-5, 2009.
Disponível online


2008
Mello, R., Herzog, R. Subjetividade e defesa na obra de Michael Balint. Revista Mal-Estar e Subjetividade, v. VIII, p. 1121-1142, 2008.

Verztman, J. S., Pacheco-Ferreira, F. O uso do afeto da obra de Sándor Ferenczi. Cadernos de Psicanálise (Círculo Psicanalítico/RJ), v. 21, p. 45-78, 2008.


2007
Canavêz, F., Herzog, R. Resistir é preciso: por uma positivação do sintoma. In: Freire, A.B. (org.) Apostar no sintoma. Rio de Janeiro: Contra-Capa, pp. 119-133, 2007.

Verztman, J. S., Pinheiro, T., Barbosa, M. T., Jordão, A., Montes, F. Patologias narcísicas e doenças auto-imunes: a vivência da temporalidade. Psychê (São Paulo), São Carlos, v. XI, p. 63-84, 2007.
Disponível online


2006
Verztman, J. S., Pinheiro, T., Saceanu, P., Viana, D. A. Patologias narcísicas e doenças auto-imunes: discussão da metodologia de pesquisa. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, v. 9, p. 647-667, 2006.
Disponível online

Pinheiro, T., Vertzman, J. S., Venturi, C. B., Viana, D. A., Canosa, L., Caravelli, S. A. L. Patologias narcísicas e doenças auto-imunes: algumas considerações sobre o corpo na clínica. Psicologia Clínica. , v.18.1, p.193 – 204, 2006.
Disponível online

Pinheiro, T., Venturi, C. B., Barbosa, M. T. Vergonha e Adolescência. In: Marta Rezende Cardoso. (Org.). Adolescentes. São Paulo: Escuta, 2006, p. 109-122.

Pinheiro, T., Verztman, J., Venturi, C. B., Barbosa, M. T. Por que atender fóbicos sociais? Justificativa de uma pesquisa clínica. In: Angélica Bastos. (Org.). Psicanalisar Hoje. Rio de Janeiro: Contra Capa, p.143-172, 2006.

Farah, B. L., Mograbi, D., Herzog, R. Da superação à simultaneidade: crise e política na psicanálise. In: Bastos, A. (org.) Psicanalisar hoje. Rio de Janeiro: Contra-Capa, p.37-66, 2006.


2005
Entrevista Faperj – Lupus e patologias narcísicas
Abrir em PDF

Pinheiro, T. Depressão na contemporaneidade. Pulsional Revista de Psicanálise. São Paulo: , nº 182, p. 101-109, 2005. (agradecemos à revista pela autorização para a versão online em nosso site)
Abrir em PDF

Verztman, J. S. Article “Mélancolie”. In: Andrieu, B. Dictionnaire du corps en sciences humaines e sociales. Paris: ed. CNRS, 2005, p. 305-306.

Verztman, J. S. Vergonha, honra e contemporaneidade. Pulsional revista de psicanálise, v. VIII, nº 181, p. 88-100, 2005. (agradecemos à revista pela autorização para a versão online em nosso site)
Abrir em PDF


2004
Pinheiro, T. Tornar-se uma outra na histeria e ser uma outra do falso-self. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental. São Paulo: , v. VII, nº 1, p. 9-19, 2004. (agradecemos à revista pela autorização para a versão online em nosso site)
Abrir em PDF


2003
Pinheiro, T. (org.). Psicanálise e formas de subjetivação contemporâneas. Rio de Janeiro: Contra-Capa, 2003, vol 1.

Pinheiro, T. A escravidão do olhar. In: Soberanias, 1ª ed. Rio de Janeiro: Contra Capa, 2003, p. 91-96.

Pinheiro, T., Verztman, J. S. As novas subjetividades, a melancolia e as doenças auto-imunes. In: Pinheiro, T. (org) “Psicanálise e novas formas de subjetivação contemporâneas”, Rio de Janeiro, Contracapa/UFRJ, 2003, p 77-104.

Pinheiro, T. Uma outra visão possível do corpo na Psicanálise. Cadernos de Psicanálise – SPCRJ. Rio de Janeiro: , v. 19, nº 22, p.13-28, 2003.

Verztman, J. S., Pinheiro, T., Montes, F. Doença somática e subjetividade: as marcas no corpo de Aurora. Pulsional revista de psicanálise, vol. 1, nº 1, p 54-65, 2003. (agradecemos à revista pela autorização para a versão online em nosso site)
Abrir em PDF

Verztman, J. S., Montes, F. Marcando o corpo como forma de existir. In: EPCL-Fórum/Rio: Histeria, sujeito e discurso. Rio de Janeiro: Escola de psicanálise do Campo Lacaniano – Fórum Rio, 2003.


2002
Pinheiro, T. Escuta analítica e novas demandas clínicas: sobre a melancolia e a contemporaneidade. Psychê. São Paulo: , v. 9, p. 167-176, 2002. (agradecemos à revista Psychê pela autorização para a versão online em nosso site)
Abrir em PDF

Verztman, J. S. O observador do mundo: a noção de clivagem em Ferenczi. Revista Ágora, v. 5, nº 1, p. 59-78, 2002.
Disponível online


2001
Pinheiro, T., Martins, K. H. O texto imagético: parnasianismo e experiência analítica. In: Formações teóricas da clínica. Rio de Janeiro: Contra Capa, 2001, p. 57-72.

Pinheiro, T. O que essas crianças têm? São Paulo: Casa do Psicólogo, 2001. (Prefácio)

Verztman, J. S. A relevância da psicanálise na melancolia. Arquivos brasileiros de neurologia, psiquiatria e medicina legal, vol. 96, nº 76, p. 36-41, 2001.


2000
Pinheiro, T., Jordão, A. A. Antecedentes históricos da construção do conceito de narcisismo. In: A psicanálise e o pensamento moderno. 1ª ed. Rio de Janeiro: Contra Capa, 2000, p. 11-28.